campina grande

CRM-PB valida ‘reserva técnica’ no Pedro I, mas hospital se vê no limite

Por Maurílio Júnior
Hospital Pedro I em Campina Grande — Foto: Reprodução/TV Paraíba

O número expressivo de novos casos de Covid-19 em Campina Grande nas últimas 24 horas fez o Hospital Municipal Pedro I trabalhar sobre a margem de leitos reservados para demanda espontânea ou Pronto Atendimento.

Leia também:

+ MP estuda recurso contra decretos menos restritivos na Paraíba

+ Campina: casos de Covid-19 aumentam quase 400% em 24h

Na tarde desta quinta (03/06/2021), o Pedro I tem dos 100 dos 105 leitos disponíveis na enfermaria ocupados, ou 95% de ocupação, sendo dez justamente da cota de observação clínica. Já com relação aos leitos de UTIs, 48 de 60 estão ocupados, ou 80% de ocupação.

Na última sexta (28), o diretor de Fiscalização do CRM-PB, Bruno Leandro (vídeo abaixo), concordou com a reserva técnica no Pedro I uma vez que a unidade trabalha à porta aberta. Anteriormente havia uma contestação.

Comentários:
error: Conteúdo Protegido!!