covid-19

Bolsonarista, empresário de comunicação na PB passa informação errada sobre pandemia

Por Maurílio Júnior
Roberto Cavalcanti já chegou a defender o apedrejamento de jornalistas pela cobertura da pandemia da Covid-19

Dono do Sistema Correio de Comunicação, o empresário Roberto Cavalcanti criticou nesta quarta-feira (02) medidas mais restritivas adotadas pelo Governo do Estado para frear o avanço da Covid-19, a exemplo do fechamento de bares, restaurantes e comércio no fim de semana.

Leia também: 

+ Mais três são diagnosticados com Covid-19 na Correio; JCC é um deles

+ Bares e restaurantes de João Pessoa bateram recorde de infrações em maio

Para argumentar a sua crítica, Cavalcanti fez uma defesa velada ao presidente Jair Bolsonaro, que é contra medidas de restrição, ao comparar a situação do Brasil com a dos Estados Unidos.

“Eles [Estados Unidos] estão passando pelo mesmo problema nosso com quantidade de mortes. Não estão falando muito porque o ex-presidente (Donald Trump), que era foco das desavenças semelhantes as que acontecem aqui no Brasil por questões ideológicas. Porque senão estaria o próprio Brasil se intrometendo com os comportamentos americanos”, disse no radiofônico Correio Debate.

A fala de Roberto, porém, é equivocada. Nas últimas 24 horas, os Estados Unidos, que avançam na vacinação da sua população, contabilizaram 135 mortes por Covid-19 e 3.738 novos casos, enquanto o Brasil, em ritmo lento na imunização, registrou mais 2.408 óbitos e 77.898 infecções.

Comentários:
error: Conteúdo Protegido!!