pandemia

Negativa de governadores do NE faz Planalto repensar sobre Copa América

Por Maurílio Júnior
Jair Bolsonaro ignora mais uma vez cientistas e acolhe torneio continental abandonado por Colômbia e Argentina

Já não há mais garantia da realização da Copa América no Brasil depois de governadores, em especial do Nordeste, rejeitarem a realização de partidas em seus estados em virtude do agravamento da Covid-19.

+ João Azevêdo rejeita Copa América na Paraíba

O ministro da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, disse há pouco que a decisão deve ser anunciada nesta terça (01).

“Ainda não tem nada certo, quero pontuar de forma bem clara. Estamos no meio do processo. Mas não vamos nos furtar a uma demanda, caso seja possível de atender”, declarou Ramos.

+ Vizinhos da PB, Pernambuco e Rio Grande do Norte vetam Copa América

O anúncio de que o Brasil foi escolhido como sede da competição foi feito mais cedo pela Conmebol. A entidade chegou a agradecer o presidente Jair Bolsonaro por “abrir as portas” do país.

A Colômbia, em caos social há 40 dias, e a Argentina, com novo surto da Covid-19, desistiram de sediar a competição. Chile e Estados Unidos descartaram convites de substituição.

Comentários:
error: Conteúdo Protegido!!