opinião

Bolsonaro planeja 4ª onda da Covid-19 antes da explosão da terceira

Por Maurílio Júnior
Jair Bolsonaro ignora mais uma vez cientistas e acolhe torneio continental abandonado por Colômbia e Argentina

Em nada surpreendeu a decisão de Jair Bolsonaro de acolher a realização da Copa América no Brasil.

Colômbia, em caos social há 40 dias, e Argentina, com novo surto da Covid-19, desistiram de sediar a competição. Chile e Estados Unidos descartaram.

Epicentro da pandemia e das cepas, e com índices históricos da falta de renda para população, o Brasil topou, claro. 

Da desistência da Argentina no fim da noite de domingo (30), a confirmação do Brasil como nova sede do torneio, no início da manhã desta segunda (31), o governo de Jair Bolsonaro não demorou 12 horas.

Postura completamente diferente para quando se fez necessário responder à oferta de vacinas da Pfizer.

Rei do caos, Bolsonaro já planeja a quarta onda Covid-19 antes da explosão da terceira.

Comentários:
error: Conteúdo Protegido!!