diz tce

Cartaxo, que lançou Edilma, deixou de investir R$ 22 milhões na educação

Por Maurílio Júnior
Luciano Cartaxo foi prefeito de João Pessoa de 2013 a 2020

Ao reprovar as contas de 2019 da Prefeitura de João Pessoa, os conselheiros do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB) constataram que o então prefeito Luciano Cartaxo (PV) deixou de investir R$ 22 milhões na Educação.

Leia também:

+ Vice-presidente da CPI da pandemia pede convocação de Bolsonaro

A falta de aplicação de recursos em uma pasta prioritária e o excesso de contratados (mais de 14 mil servidores) foram as justificativas para reprovação das contas.

Em 2020, Cartaxo lançou a concunhada Edilma Freire, então Secretária de Educação do Município para disputar a sua sucessão, mas ela acabou na quinta posição.

Comentários:
error: Conteúdo Protegido!!