cpi da pandemia

Brasil poderia ter vacinado 750 mil em dezembro; Bolsonaro ignorou

Por Maurílio Júnior
Jair Bolsonaro, presidente da República

Carlos Murillo, Executivo da Pfizer na América Latina, informou em depoimento na CPI da Pandemia, nesta quinta (13/05), que havia previsão de entrega de 1,5 milhões de doses ao Brasil ainda em dezembro de 2020.

Segundo o Executivo, a Pfizer ofereceu ao governo federal dois lotes de vacinas, de 30 milhões de doses e 70 milhões de doses em agosto. Sem resposta, 750 mil brasileiros deixaram de ser vacinados ainda em 2020.

Comentários:
error: Conteúdo Protegido!!