economia

Guarabira: geração de empregos, o remédio contra ‘velha política’

Por Maurílio Júnior
Marcus Diogo (à direita), prefeito de Guarabira, diz que instalação de distribuidora anunciada por João Azevêdo trará "impacto fabuloso" para município | Imagem: Divulgação/Montagem

Do Oiapoque ao Chuí não há oposição que se sustente diante da política de geração de empregos, especialmente quando o país atravessa a maior crise econômica e sanitária da história. Não seria diferente nem mesmo na Paraíba, um estado cheio de vícios políticos.

O que não parece ser o caso do prefeito de Guarabira, Marcus Diogo (PSDB). Oposição ao Governo do Estado, o tucano sabe bem diferenciar as coisas.

Diogo elogiou o anúncio do governador João Azevêdo (Cidandaia) sobre a instalação do Centro de Distribuição da Rede Paraíba de Supermercados em Guarabira. O empreendimento deverá gerar 1.000 empregos diretos.

Ao blog, o prefeito afirmou que o empreendimento trará um “impacto fabuloso” para economia do município.

“Institucionalmente ser ou não da mesma linha política eu não misturo isso. Consigo distinguir muito bem isso. Independente da cor partidária. Em relação ao grupo da Rede de Supermercados e o Governo do Estado não tiro esse mérito. Não vou pegar carona, mas fico muito feliz que tenha acontecido e que o governo tenha dado a isenção necessária. É importantíssimo principalmente nesse momento”.

E a Paraíba tem realmente se destacado na atração de Centros de Distribuição. Atualmente já conta com a atuação de empresas importantes como a Colgate, Magazine Luiza, Fast Shop, Grupo Big, além de outros que estão em análise técnica pela Secretaria de Estado da Fazenda.

Comentários:
error: Conteúdo Protegido!!