vacina russa

“Difícil entender o parecer”, diz João após Anvisa barrar Sputnik

Por Maurílio Júnior
João Azevêdo, governador da Paraíba — Foto: Divulgação

O governador João Azevêdo (Cidadania) lamentou a decisão da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) em barrar a importação da vacina russa Sputnik V, desenvolvida pelo Instituto Gamaleya, para o Brasil.

Ao blog, Azevêdo afirmou que a Paraíba irá aguardar a decisão final da Anvisa sobre o imunizante, mas admitiu a frustração com o julgamento de ontem.

“Ficamos com a sensação de decepção. A Sputnik, já está sendo aplicada em dezenas de países, Hungria, México, Argentina, entre outros, sem problemas relatados até agora. Então, fica difícil entender o parecer da Anvisa. Não podemos imaginar que a questão esteja sendo politizada, seria um absurdo. Continuaremos acompanhando as providências, respostas e apresentação de documentação técnica, do Instituto Gamaleya, visando dirimir as possíveis dúvidas da Anvisa. Precisamos de vacina, obviamente seguras e eficazes”.

A Sputnik é a grande aposta de governadores do Nordeste em relação a vacina contra a Covid-19. Através do Consórcio Nordeste, os governantes adquiriram 37 milhões de doses que poderão ser repassadas para o Plano Nacional de Imunização.

Comentários:
error: Conteúdo Protegido!!