covid-19

A conta-gotas: João Pessoa recebe 3 mil doses da CoronaVac; Campina 1 mil

Por Maurílio Júnior
Relação do governo Bolsonaro com a China atrapalha envio de insumos para Coronavac — Imagem: Divulgação

João Pessoa e Campina Grande terão mais uma semana delicada na tentativa de imunizar o público idoso que ainda não tomou a segunda dose contra a Covid-19. A vacinação em ambos municípios está suspensa desde terça (20).

A conta-gotas

Com poucas doses enviadas pelo Ministério da Saúde, as duas maiores cidades da Paraíba terão, juntas, menos de cinco mil vacinas da CoronaVac, responsável pela imunização de mais de 80% população paraibana. Foram menos de 12 mil doses enviadas pelo governo federal nesta quinta (22). Com isso, João Pessoa terá direito a 3.570 e Campina Grande 1.120. Já a vacina de Oxford contemplará a Capital com 10.600 doses e Campina Grande 4.390.

A origem do erro

Em março, o Ministério da Saúde orientou municípios a usar o estoque da segunda aplicação na primeira dose, já que havia a perspectiva de um maior número de imunizantes entregues posteriormente pelo governo federal, o que não se concretizou. Pelo contrário, este último lote veio com 50% a menos de doses na comparação com o da semana passada.

O que diz o Ministério da Saúde 

Nessa quarta (21), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, criticou a imprensa ao ser questionado sobre a baixa quantidade de vacinas enviadas para os Estados. O paraibano afirmou que, “vamos deixar de ver só problema. Porque, na realidade, a gente está aqui é pra dar solução à nossa população. Fica com essa coisa de contando doses de vacina. Vamos vacinar a população brasileira. Estamos aqui trabalhando e vocês são testemunhas disso”.

Comentários:
error: Conteúdo Protegido!!