racismo no bbb

Humoristas paraibanos perdem oportunidade de ficarem calados

Por Maurílio Júnior
Renan da Resenha e Rafael Cunha saíram em defesa do cantor de sertanejo Rodolffo — Imagem: Montagem/Divulgação

Os humoristas paraibanos Renan da Resenha e Rafael Cunha perderam boa oportunidade de ficarem calados. Através das redes sociais, a dupla minimizou a fala considerada racista envolvendo o cabelo do participante João, do BBB 21 (TV Globo). Negro, o participante teve o seu cabelo comparado pelo cantor sertanejo Rodolffo a uma peruca de um homem da pré-história.

“Que cena o João fez hoje! Horrível! Mimimimi… A Juliette já foi tão julgada! Não deveria defender esse julgamento não vivo sem direito de defesa contra o Rodolffo!”, escreveu Renan na caixa de comentários da paraibana Juliette no Instagram.

Já Rafael Cunha considerou “jogo baixo” da vítima e desconfiou da ofensa. “Achei jogo baixíssimo, sem contar que não caiu uma lágrima”.

O episódio ganhou forte repercussão na edição desta segunda-feira (05) do programa que bateu mais de 40 pontos de audiência. Rodolffo acabou reafirmando o que havia dito antes: que achou o cabelo dele parecido com o da fantasia inspirada em um homem das cavernas. “Se todo mundo observou como que era a peruca do monstro, acredito eu que é um pouco semelhante”, afirmou.

Comentários:
error: Conteúdo Protegido!!