opinião

Com nova cepa a caminho, fingir normalidade pode custar caro

Por Maurílio Júnior

Em entrevista à TV Cultura nessa quarta-feira (27/01), o ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, fez um alerta.

“Provavelmente, a gente vai plantar essa cepa em todos os territórios da federação e daqui a 60 dias a gente pode ter uma mega epidemia”, disse.

Na manhã desta quinta (28/01), o aviso veio do secretário de Saúde do Amazonas, Marcellus Campêlo.

“Vai ter que ter uma força nacional, uma estratégia nacional, porque eu alerto, e alertei hoje na reunião do Conselho Nacional de Secretários de Saúde, o Conass: aqui é só o começo. Isso vai se alastrar para o Brasil, e a crise de oxigênio tem que ser uma estratégia nacional”.

Ontem, o Portal MaisPB mostrou: número de contaminados em João Pessoa no mês de janeiro já é maior do que o registrado em dezembro.

Com nova cepa a caminho, fingir normalidade pode ser um erro que custará caro. Os sinais foram dados.

Comentários:
error: Conteúdo Protegido!!