escolhido por Bolsonaro

Por dignidade, Valdiney Veloso deveria renunciar reitoria da UFPB

Por Maurílio Júnior
Valdiney Veloso Gouveia teve apenas 5,35% dos votos na eleição da UFPB

A exemplo do que fez em outras universidades federais, Jair Bolsonaro não respeitou a decisão da comunidade acadêmica e nomeou o menos votado da lista tríplice para reitoria da Universidade Federal da Paraíba. 

Valdiney Veloso Gouveia conseguiu apenas 5,35% dos votos nas eleições do dia 27 de agosto, que contou com a participação de professores, alunos e servidores da instituição. A mais votada foi Terezinha Domiciano, seguida de Isac Medeiros.

Apesar da não obrigatoriedade de se nomear o primeiro da lista tríplice, há uma tradição neste sentido. No caso da UFPB é a primeira vez que o mais votado para reitoria não assumirá o cargo.

De Jair Bolsonaro, realmente, não dava para esperar outra coisa, a não ser dar sequência a sua cruzada antiacadêmica. De Valdiney Veloso espera-se o mínimo de dignidade para que não aceite aquilo que a UFPB não lhe confiou.

Comentários:
error: Conteúdo Protegido!!