pandemia da covid-19

Prefeitura cogita interditar estabelecimentos que provocaram aglomeração em JP

Por Maurílio Júnior

Quarenta e um estabelecimentos foram notificados em João Pessoa durante o feriadão de finados por descumprimento às normas de prevenção contra a Covid-19.

Nessa segunda (2), o blog mostrou que o cantor de forró Henry Freitas realizou um show nas imediações do bar-restaurante Fullano, na praia do Bessa, o que provocou aglomeração com pessoas sem máscaras. O estabelecimento afirmou que vai processar o artista.

Ao blog, o secretário de Saúde do município de João Pessoa, Adalberto Fulgêncio, afirmou que caso haja reincidência, “a depender do caso”, a prefeitura aplicará “multa ou interdição”.

– Vamos intensificar a fiscalização nos fins de semana. Ampliaremos para as tardes e noites. E vamos disponibilizar um fone para eventuais denúncias de quebra dos protocolos sanitários. Final de semana notificamos 41 estabelecimentos como advertência. Caso haja reincidência, a depender do caso, a multa ou a interdição será a alternativa.

Na última sexta-feira (30), a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) apontou que João Pessoa é uma das sete capitais do Brasil que apresenta sinal forte de crescimento de casos de Síndrome Respiratória Aguda (SRAG) e de Covid-19.

O aumento de casos fez a Fiocruz recomendar que a capital paraibana suspenda novas medidas de flexibilização, o que não foi atendido pelo prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), que autorizou a realização de eventos a partir desta semana.

Restaurantes em João Pessoa durante feriadão

Comentários:
error: Conteúdo Protegido!!