Eleições

Cartola e Calvário – lado a lado – no Botafogo-PB

Por Maurílio Júnior
Maravilha do Contorno, sede do Botafogo-PB

Amanda Rodrigues e Valéria Coutinho, esposa e irmã do ex-governador Ricardo Coutinho, foram duas dos seis autores que provocaram a decisão judicial que travou a eleição para o Conselho Deliberativo do Botafogo-PB. O pleito foi suspenso depois que a liminar chegou a Maravilha do Contorno no decorrer da eleição. Ambas são apoiadoras da chapa de oposição, que tem entre seus líderes, o ex-dirigente Breno Morais, banido do futebol pelo STJD por envolvimento na Operação Cartola. Já Amanda Rodrigues e Valéria Coutinho são rés na Operação Calvário por participação, segundo o Ministério Público, no esquema que desviou mais de R$ 130 milhões da Saúde paraibana. 

Leia também: 

+ Confusão e liminar: eleição no Botafogo-PB é suspensa

+ Ex-superintendente da Polícia Civil revela pressão do Estado para tirar Lucas Sá da Operação Cartola

Comentários

Em respeito a Legislação Eleitoral, os comentários estão temporariamente suspensos.

error: Conteúdo Protegido!!