futebol

A federação dos horrores

Por Maurílio Júnior
Michelle Ramalho, presidente da Federação Paraibana de Futebol

Quando o Botafogo-PB entrava em campo ontem a noite, em Salvador, para encarar o Jacuipense-BA pela Série C, a Federação Paraibana de Futebol promovia quase que secretamente uma festa em Campina Grande para celebrar o Covidão 2020.

Hadson, participante machista da edição deste ano do reality show BBB, foi o convidado especial da cerimônia comandada por Michelle Ramalho, presidente da entidade. Para piorar, a dirigente revelou que tentou fazer a final do último estadual com torcida.

“Em conversa com Walter, tínhamos a ideia de tentarmos trazer a torcida, Campina Grande na final ser a primeira [cidade] a ter torcida [em plena pandemia]. Pode parecer ideia de maluco porque o mundo inteiro não tem torcida. Sim, mas e os shoppings centers? Por que não o futebol? Volto a dizer: uma luta constante minha será trazer torcida para os estádios”.

Um completo show de horrores.

Comentários:
error: Conteúdo Protegido!!