Amistoso em Campina: promotor abrirá inquérito

11 de julho de 2020 às 00h00 Por Maurílio Júnior

A realização da partida amistosa entre Treze e Perilima, neste sábado (11), no estádio Presidente Vargas, será alvo de inquérito do Ministério Público da Paraíba. É o que promete o promotor de Justiça Valberto Lira.

> Doação por QR code não cobriria despesa do Treze com transmissão

O alvo, segundo o procurador, será o secretário de Saúde do município de Campina Grande, Felipe Reul, por autorizar a peleja.

Lira argumentou que o decreto ainda vigor no município autoriza apenas treinamentos das equipes e não jogos.

> Ao vivo | Acompanhe Treze x Perilima, a volta do futebol da Paraíba na pandemia

“Vamos apurar a responsabilidade. Existe um protocolo aprovado pelos órgãos de Saúde e um decreto de Campina Grande que ainda está em vigor e, que não admite a realização de jogos, apenas de treinos. Infelizmente tivemos o conhecimento que através do memorando o secretário autorizou a realização desse jogo. O secretário contrariou um decreto, que é uma normatização legal”, afirmou ao blog.