Coronavírus: Lovina Bar recebe críticas de clientes ao anunciar reabertura

Por Maurílio Júnior

Com tom festivo, o Lovina Bar e Restaurante anunciou neste sábado (27), através do Instagram, a reabertura do local na próxima segunda-feira (29), em meio à pandemia do novo coronavírus.

“Mais de 100 dias sem vocês, estamos de portas abertas e queremos #lovinar com você”, diz a publicação do empreendimento localizado em Cabedelo, município que tem o quarto maior número de casos de Covid-19 na Paraíba com 1.700 infecções.

A reabertura do Lovina e de, pelo menos, outros seis bares na cidade, acontecerá depois da autorização dada Prefeitura de Cabedelo na sexta-feira (26), que diga-se, não tem nenhum leito de UTI disponível para população.

“Milhares de pessoas morrendo, milhares de pessoas sendo contaminadas e sofrendo, pessoas sem emprego, sem família, passando perrengue, e vocês preocupados em abrir um bar que claramente vai gerar aglomerações e pessoas contaminadas irão contaminar outras. Parabéns pela falta de consciência, pelo egoísmo e por pensar só no dinheiro que vai entrar”, reagiu uma seguidora.

“Absurdo isso, quase 2.000 casos, cidade sem leitos de UTI superlotando JP, mais candidato a vice é o dono por isso acho que autorizou reabrir!”, escreveu outro consumidor.

“Fala pra esse prefeito de cabedelo q a responsabilidade é totalmente dele e q não lotem os hospitais de Jp”, criticou mais um cliente.

“Ainda bem que não tem mais riscos… Não sai mais notícias no jornal… Agora dá para se contaminar que ninguém vai se preocupar mais…”, condenou outro seguidor.

O proprietário do Lovina é Mercinho Lucena, anunciado na semana passada pelo prefeito Vitor Hugo (DEM), como candidato a vice-prefeito para eleição deste ano.

Comentários

Em respeito a Legislação Eleitoral, os comentários estão temporariamente suspensos.

error: Conteúdo Protegido!!