Ministério da Educação estreia no governo Bolsonaro

25 de junho de 2020 às 00h00 Por Maurílio Júnior

Com 18 meses de atraso, o Ministério da Educação deve, enfim, estrear no governo Bolsonaro. Em entrevista há pouco, o novo ministro Carlos Alberto Decotelli afirmou que não tem nenhuma “competência ideológica” e que é gestor de finanças e administração. É, portanto, o oposto dos dois primeiros ministros da Educação do governo Bolsonaro: Ricardo Vélez e Abraham Weintraub.