Porto Alegre e Curitiba voltam atrás, e Romero Rodrigues vai pagar para ver

Por Maurílio Júnior

Porto Alegre e Curitiba, cidades ditas responsáveis por reabrirem gradualmente suas atividades, voltaram atrás de suas decisões e adotarão novamente medidas restritivas como o fechamento do comércio. Os prefeitos de ambas capitais alegaram que o recuo é para frear a velocidade da demanda por leitos de UTI após a explosão de novos casos de coronavírus. Era o óbvio. Enquanto isso, o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD), vai pagar para ver. Uma afronta à vida. 

Comentários:
error: Conteúdo Protegido!!