Romero volta atrás e descarta flexibilizar isolamento

Por Maurílio Júnior

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD), voltou atrás e disse, nesta quarta-feira (13), em entrevista ao Hora H, da Rede Mais de Rádio, que não passa mais pela sua cabeça flexibilizar as medidas de isolamento social como tática de combate a disseminação do novo coronavírus.

“Antes eu estava defendendo a flexibilização, mas agora há uma mudança. Não é momento de flexibilização. A mudança implica na observação mais pontual e de forma continuada, concentrada na evolução dos casos. Nesse momento, temos dificuldade. Compreendo que o setor comercial é importante, Campina grande diferente da Capital a economia da cidade está no setor comercial e empresarial, mas repito, em função da importância da vida e da Saúde pública não passa em nossa cabeça flexibilizar nenhuma atividade comercial”, declarou Romero.

Na última segunda-feira (11), o Ministério Público recomendou que o prefeito se abstenha em editar decretos menos restritivos em relação a aqueles que estão em vigor no Estado da Paraíba. Desde o início da pandemia do novo coronavírus, a classe empresarial do município tem pressionado o prefeito para reabrir as atividades comerciais. A cidade tem 155 casos da Covid-19. (MaisPB)

Comentários:
error: Conteúdo Protegido!!