João Azevêdo ignora decreto de Bolsonaro

Por Maurílio Júnior

O decreto de Jair Bolsonaro que torna salões de beleza e academias como serviços essenciais em nada altera as políticas de restrição na Paraíba durante a pandemia do novo coronavírus.

Indagado pelo Blog, o governador João Azevêdo respondeu: “O STF já decidiu que isto é de atribuição dos Estados e Municípios”.

O entendimento dos ministros do Supremo é de que estados e municípios têm autonomia para determinar as medidas.

Outros governadores também já adiantaram que não vão seguir a orientação do presidente.

Comentários:
error: Conteúdo Protegido!!