STF suspende nomeação de amigo de Bolsonaro na PF

Por Maurílio Júnior

O ministro Alexandre de Moraes, do STF, suspendeu a nomeação de Alexandre Ramagem, amigo da família Bolsonaro, como diretor-geral da Polícia Federal.

A decisão atende a um mandado de segurança impetrado ontem pelo PDT, por meio do qual o partido tenta impedir a posse de Ramagem, que foi marcada pelo Palácio do Planalto para às 15h desta quarta-feira (29).

O partido aponta que, ao indicar Ramagem para o cargo, Jair Bolsonaro cometeu “abuso de poder”, com o objetivo de controlar a PF.

Comentários:
error: Conteúdo Protegido!!