O erro de Ricardo na avaliação de Ciro

Por Maurílio Júnior

Em Cajazeiras, Ciro Gomes (PDT) lamentou a “desconfiança desnecessária” do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) com a vice-governadora Lígia Feliciano (PDT) em 2018. “Acho que Ricardo na sucessão dele prejudicou a si mesmo por uma desconfiança desnecessária. Ele acabou se sacrificando, podia ser um grande quadro no Senado Federal”, disse em entrevista ao jornalista Zé Neto, do Diário do Sertão. Sem acordo com o clã Feliciano, Coutinho decidiu permanecer no governo até o fim do mandato, apostando todas as fichas na eleição do então secretário João Azevêdo para governador, hoje em vias de rompimento. Restou a presidência da Fundação João Mangabeira.

>> Ciro Gomes diz que João Azevêdo honraria PDT com filiação

Comentários:
error: Conteúdo Protegido!!