Eleitor de Bolsonaro, pastor Estevam confessa frustração com presidente

Por Maurílio Júnior

Um dos eleitores mais entusiasmados de Jair Bolsonaro à Presidência da República em 2018, o pastor da Primeira Igreja Batista de João Pessoa, Estevam Fernandes, confessou que anda triste com o comportamento do agora presidente.

Em entrevista ao jornalista Felipe Nunes, do Polêmica Paraíba, o líder religioso revelou até um pedido a Deus:

“Ele fala demais. Poderia falar menos. Todo dia tem uma coisa. Eu digo: ‘Deus, quando é que terá uma manhã sem polêmica do Bolsonaro?’. Quando não é ele, são os filhos”, disse.

Estevam Fernandes chegou a virar alvo de uma investigação da Procuradoria-Regional Eleitoral por ter supostamente utilizado a Primeira Igreja Batista como palanque eleitoral para pedir votos para Bolsonaro.

“Estou muito triste. Acho que o Brasil todo. Acho que todo mundo esperava um tempo melhor, tanto é que ele quase foi eleito no primeiro turno. O sujeito teve uma votação muito expressiva”, admitiu a frustração.

“Imagine: o Brasil todo sofrendo com essa questão da reforma da Previdência, discussão no Senado e estoura PSL. Quem quer saber daquela briga? Essa semana agora o caso da Marielle novamente. Todo dia tem uma confusão. Não sei onde isso vai parar. Uma pessoa que é muito polêmica desestabiliza o cenário social. Por mais que ela seja bem intencionada. Não se constrói paz com a polêmica. Acho que ele fará um bom governo caso alguém chegue e fale: fale menos e faça mais. Tenho vontade de fazer isso, mas não sei… Como cidadão: ando pouco triste. Brasil merecia um tempo melhor”, desabafou.

Comentários:
error: Conteúdo Protegido!!