Onyx endossa críticas de Bolsonaro a João: “Agressivo”

Por Maurílio Júnior

A exemplo do presidente da República, Jair Bolsonaro, o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM-RS), bateu forte, nesta quarta-feira (24), nos governadores da Paraíba e do Maranhão, João Azevedo (PSB) e Flávio Dino (PCdoB).

Em entrevista à Rádio Gaúcha, Lorenzoni acusou Azevêdo e Dino de agressivos, partindo, segundo ele, até para o campo pessoal contra Bolsonaro.

“São muito agressivos com o governo e com o presidente, partindo até para o campo pessoal”. “O discurso deles em Brasília é uma coisa, na base é outra”, criticou.

Onyx era o interlocutor de Bolsonaro na conversa que vazou na última sexta-feira (19), no café da manhã com jornalistas estrangeiros, quando o mandatário se referiu aos governadores do Nordeste como ‘paraíbas’.

“O presidente estava se referindo especificamente aos governadores dos Estados da Paraíba e do Maranhão”, reiterou o ministro da Casa Civil. E partiu para o endosso das críticas: “Estes dois, principalmente, têm um discurso em Brasília e outro em suas bases”.

Comentários:
error: Conteúdo Protegido!!