Aliada de Rosilene e Marin, Michelle Ramalho tieta e exalta Bolsonaro

Por Maurílio Júnior

A presidente da Federação Paraibana de Futebol, Michelle Ramalho, não para. 

Prestigiada como pouquíssimos dirigentes de primeira viagem são, ela está em todo canto, de Copa do Mundo na França a jogos do Brasil na Copa América. 

Nessa difícil rotina, Michele Ramalho aproveitou para tietar o presidente da República, Jair Bolsonaro, em Belo Horizonte, durante Brasil e Argentina.  

O momento, claro, foi publicado no Instagram. 

A dirigente exaltou a “moralidade, transparência e imparcialidade” do presidente. 

Em uma recente manifestação, Michelle Ramalho se viu como a Bolsonaro do futebol. Moralizou, segundo ela, o “futebol safado” da Paraíba.

Tudo bonito se Michelle não tivesse sido eleita graças ao apoio de Rosilene Gomes, ex-presidente da FPF e recentemente condenada por furto. Rosilene dirigiu a entidade por mais de 20 anos.

O pleito que consagrou Michelle foi tumultuado, com direito a suspeita de fraude – relembre aqui a matéria da TV Globo.

Além de Rosilene Gomes, a presidente da FPF mantém boa relação com o ex-presidente da CBF, José Maria Marin, condenada pela justiça americana a quatro anos de prisão por corrupção.

As ideias da presidente da FPF não correspondem aos fatos.

Comentários:
error: Conteúdo Protegido!!