Polícia sepulta tese de Ricardo e Gleisi

Por Maurílio Júnior

A extração irregular de areia motivou o assassinato dos dois membros do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MTST) em um acampamento no município de Alhandra, em dezembro do ano passado. É o que diz a Polícia Civil da Paraíba.

O delegado Aneilton Castro descartou que as mortes tenham relação política como foi sugerido à época pelo então governador Ricardo Coutinho (PSB) e a presidente do PT, Gleisi Hoffman.

“Não é uma questão política apenas uma questão econômica e pessoal envolvida nesses crimes a partir da extração irregular de areia”, informou.

Comentários:
error: Conteúdo Protegido!!