A chuva de óleo

Por Maurílio Júnior

Quem mora em João Pessoa já sabe: basta uma gota d’água cair no chão para cidade virar um caos. Foi o que aconteceu hoje. Mas a julgar pela conveniência de quem pegou carona no transtorno de mais cedo – mas pouco fez para minimizar quando comandou a cidade -, pensa-se falsamente que a inoperância de gestão é de agora. Haja óleo de peroba.

Comentários:
error: Conteúdo Protegido!!