Ditado ‘Brasileiro só fecha a porta depois de roubado’ nunca fez tanto sentido

Por Maurílio Júnior

Andreia Sadi, no G1, informa que a ministra dos Direitos Humanos, Damares Alves, e outros ministérios, querem informações sobre a situação de todos os alojamentos e centros de treinamento do país. Na madrugada de hoje (8), dez jovens morreram em um incêndio no Centro de Treinamento do Flamengo, no Rio de Janeiro. Com o rompimento da barragem da mineradora Vale, em Brumadinho (MG), o governo anunciou uma força-tarefa para fiscalizar barragens pelo país. Nunca o ditado que diz ‘Brasileiro só fecha a porta depois de roubado’ fez tanto sentido.

Comentários:
error: Conteúdo Protegido!!