O dia que Luiz Couto visitou o terrorista Cesare Battisti

Por Maurílio Júnior

O dia era 28 de abril de 2009 quando o presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara Federal, deputado Luiz Couto (PT), visitou o terrorista de extrema esquerda Cesare Battisti, preso à época no Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília. O paraibano comandou uma comitiva que tinha entre outros parlamentares Cristovam Buarque, Eduardo Suplicy e Chico Alencar. 

Quase dez anos depois, o italiano foi preso neste domingo (13) na Bolívia após fugir do Brasil em dezembro, quando o ex-presidente Michel Temer autorizou sua extradição depois do ministro do STF Luiz Fux determinar a prisão. Battisti foi condenado à prisão perpétua na Itália, acusado de ter cometido quatro assassinatos no país europeu entre 1978 e 1979. 

Comentários:
error: Conteúdo Protegido!!