PF apreende materiais de campanha de Haddad na UFCG

Por Maurílio Júnior

A Polícia Federal (PF) bateu na Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) nesta quinta-feira (25) e apreendeu materiais de campanha do candidato à Presidência Fernando Haddad (PT) e contra Jair Bolsonaro (PSL). Computadores também foram recolhidos. O mandado de busca e apreensão foi expedido pelo juiz da propaganda de rua em Campina Grande, Horácio de Melo.

“Recebemos ontem à noite uma representação da PF da cidade por meio de denúncias de que a universidade estaria servindo de palanque político, onde eram feitas panfletagens e campanha e se repetindo por vários dias. Assim, eu fiz um pedido de busca e apreensão de todo e qualquer material usado com essa finalidade”, disse o juiz ao Arapuan Verdade, da Arapuan FM.

A PF abriu um inquérito para apurar um crime de agressão na UFCG que também teria motivação política.

A Associação dos Docentes da Universidade Federal de Campina Grande (ADUFCG) argumentou que o material apreendido não faz menção a nenhum candidato, tratando-se de um ‘Manifesto em defesa da democracia’.

Comentários:
error: Conteúdo Protegido!!