Eleição revela falsos profetas

Por Maurílio Júnior

Abre aspas para o famoso pastor André Valadão: “A minoria será minoria sempre. Carregam ideias tão fracas, sujas, e de rebelião que qualquer pessoa comum e em sã consciência não apoia a “minoria” mesmo!”, disse através de uma tuitada.

Pastor da Igreja Batista da Lagoinha, em Orlando, Estados Unidos, e irmão da cantora Ana Paula Valadão, André Valadão simboliza o que há de pior em líderes religiosos: vive daquilo que não prega para os fiéis.

Eleitor ferrenho do candidato a presidente do Brasil e líder das pesquisas, Jair Bolsonaro (PSL), Valadão não se poupa ao destilar ódio e ignorância nas redes sociais. Ao atacar minorias, o pastor atacou a Cristo. Logo, Cristo, o maior pregador da palavra de Deus e representante das minorias. Andou entre pobres, enfermos, ladrões, corruptos e prostitutas. Tinha doze discípulos. A maioria? A maioria escolheu Barrabás.

Em meio a tantos desalentos, eis uma grande contribuição das eleições: a revelação de falsos profetas.

Comentários:
error: Conteúdo Protegido!!