CRM-PB descarta interdição na UPA Bancários

Por Maurílio Júnior

Presidente do Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB), João Gonçalves de Medeiros Filho, descartou a chance de interdição da Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) dos Bancários, em João Pessoa. Ao Blog, Medeiros disse que a prefeitura se comprometeu em solucionar o déficit de médicos na unidade.

O departamento de Fiscalização do CRM-PB notificou, nesta quinta-feira (20), a Secretaria Municipal de Saúde após denúncias de sobrecarga de trabalho da equipe médica. Para o funcionamento da UPA, o Ministério da Saúde exige a presença de três médicos para cada especialidade – pediatra, ortopedista e clínico.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de João Pessoa informou que alguns profissionais aprovados em concurso público foram convocados, mas desistiram do cargo. Uma terceira convocação será publicada nesta sexta-feira (21).

Comentários:
error: Conteúdo Protegido!!