MP investiga omissão do Estado nos assaltos em rodovia

Por Maurílio Júnior

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) instaurou um inquérito civil para investigar suposta omissão do Estado da Paraíba nas ocorrências de assaltos na PB-325, no trecho que divide a cidade de Catolé do Rocha a Patu (RN), na altura da RN-078. O local tem sido cenário de diversos assaltos, incluindo a carro-forte.

Em documento, o MP deu o prazo de 15 dias para que a Polícia Militar e Civil informe se existe registro de ocorrências na via e quais foram as medidas adotadas para prevenção e punição. Ao Arapuan Verdade, da Rede Arapuan de Rádios, o promotor responsável pelo inquérito, Stoessel Wanderley de Sousa Neto, disse que a medida foi tomada após a notícia de assaltos na rodovia.

Comentários:
error: Conteúdo Protegido!!