O deboche venceu o debate

Por Maurílio Júnior

Aos 84 anos, José Maranhão conseguiu roubar a cena de um debate. Se em mais de 60 anos de vida pública o candidato do MDB carrega a sina de péssimo debatedor, ontem bastou ser cômico para chamar para si os holofotes.

Isso diz muito sobre o primeiro embate entre os candidatos ao Governo da Paraíba promovido pela TV Arapuan. Premeditadamente, Maranhão trocou o nome de Lucélio Cartaxo pelo de Luciano Cartaxo, irmão gêmeo do candidato do PV.

Deboche puro.

Culpa de João Azevedo (PSB) e Lucélio Cartaxo (PV).

Em grande parte do tempo, ambos priorizaram em elogiar as gestões de Ricardo Coutinho e Luciano Cartaxo e esqueceram de propor.

Com pouca profundidade sobre os temas, Cartaxo prometeu construir o Hospital de Emergência e Trauma no Sertão do Estado, enquanto Azevedo assegurou criar o primeiro emprego para os alunos que concluírem os cursos técnicos no Estado, além de implantar um VLT em Campina Grande, e um arco metropolitano para diminuir o tráfego de caminhões em João Pessoa.

Coube ao candidato do Psol, Tarcio Teixeira, espetar questões mais delicadas como a remuneração dos profissionais da segurança pública. A alta carga tributária do estado, calo da gestão do PSB, saiu ilesa.

Resumo da ópera: o deboche ganhou o debate.

https://instagram.com/p/BmeKv0Wgqj4/

Comentários:
error: Conteúdo Protegido!!