Cartão vermelho

Por Maurílio Júnior

O deputado federal Capitão Augusto (PR-SP) apresentou um projeto de lei polêmico na Câmara. Ele pede que árbitros de futebol e seus auxiliares declarem por escrito a equipe para a qual torcem. Eles ficariam impedidos de atuar nos jogos dos times do coração, “sob pena de nulidade da partida”, diz texto da proposta.

A repercussão do PL não foi nada positiva para o Capitão Augusto, que recebeu cartão vermelho dos colegas da Casa.

Comentários:
error: Conteúdo Protegido!!